quarta-feira, 20 de julho de 2016

ROBOCOP: José Padilha diz que remake foi "estressante" e fala de convites para longas de super-heróis

Whaaaaaaaaaaaaaaaaaaat?! Pois é, Cinemaster! Vou te confessar que também estou um tanto curioso e boquiaberto. Em conversa com o ScreenDaily, para a divulgação da segunda temporada de Narcos (que eu particularmente não passei do segundo episódio da primeira - confesso que não gostei, não gostei mesmo), Padilha comentou mais sobre a experiência de rodar uma produção de US$ 120 milhões de orçamento em Hollywood. Tudo bem que o longa ficou mediano, há cenas que ficaram legais, mas a história em si é um tanto fraca, mas agora, passados mais de dois anos, Padilha disse que a produção foi uma "experiência estressante". "Eu não tinha a liberdade criativa que eu precisava. Eu passei 90% do tempo lutando. Isso me fez perceber que fazer um longa de estúdio não é o mesmo que realizar um longa. Vou pensar um milhão de antes de me envolver em outra produção desse tamanho novamente. Mas é aquilo, eu entrei nesse negócio de Hollywood pensando que eu poderia fazer um longa que eu queria,com os meus critérios de cinema. O meu erro." Por fim, Cinemaster... Padilha disse que recebeu convites para outros longas de ação e até mesmo para produções de super-heróis... e todos os pedidos de conversas com estúdios foram negados! =X Woooow! 

P.S. Fico fascinado com o fato de cineastas brasileiros ganharem notoriedade lá fora, mas é aquilo, Cinemaster... é um abaxi pra ser descascado. É difícil é, mas tem que, de fato, elevar a sua criatividade dentro do que é estipulado pelo estúdio! Todos os estúdios trabalham assim, então, é realmente do perfil de cada um! 


Por: Diego Domingos
Publicado em: 20/07/16

 

Jack