domingo, 21 de agosto de 2016

BAFTA: Academia inglesa de cinema vai indicar longas lançados diretamente em home-vídeo

Que decepção, heim BAFTA?! Pois é, Cinemaster! Prêmio de cinema tem que premiar longa lançado no cinema, afinal, o propósito maior de qualquer cerimônia da sétima arte é estimular a produção cinematográfica. Confesso que estou um tanto triste com a News. A organização disse em comunicado oficial que essa nova ideia é uma exceção a regra e que cada longa vai receber uma avaliação criteriosa para ser ou não indicado as categorias do prêmio de cinema mais importante do Reino Unido. Agora, o BAFTA abre as portas tranquilamente para a Netflix. Afinal, Beasts of no Nation, por exemplo, concorreu a todos os prêmios que em tese seriam para cinema, com exceção, claro... do Oscar! É importante ressaltar Cinemaster que cinema, a sétima arte em si, só se é reproduzida em um tela com dimensões extremamente maiores que a de um TV. Logo, qualquer longa-metragem feito para VOD, Netflix, Amazon não é cinema em sua essência, afinal, até mesmo as técnicas para longa-metragem em TV e cinema são completamente diferentes. No resumo da ópera, só cabe mesmo ao Oscar manter a hegemonia da indústria! =D 

Por: Diego Domingos
Publicado em: 21/08/16

 

Jack