quinta-feira, 29 de setembro de 2016

MULHER-MARAVILHA: Roteirista da HQ revela que Diana é lésbica, mas o que a fala representa para os longas da DC?!

Woooooow, Cinemaster!  Por essa, ninguém esperava, não é?! Eu e você vimos perfeitamente bem... o primeiro trailer de Mulher-Maravilha, em seu início, em Themyscira, apresenta a sociedade completamente formada por mulher, então, de que maneira elas passam a se relacionar?! A figura paterna é desconstruída quando Diana diz que nunca viu um homem antes de Steve. Então, é com esse ponto que eu puxo o gancho para a declaração de Greg Rucka, atual roteirista da HQ, a Mulher-Maravilha é Queer - uma pessoa que pode ser lésbica, bissexual, ou qualquer outra forma de relacionamento. Agora, o interessante mesmo é a explicação de Greg: ""Quando você começa a pensar em dar o conceito de Themyscira, a resposta é: 'Como todas elas podem não ter o relacionamento entre pessoas do mesmo sexo? Certo?'. 'Não faz sentido lógico o contrário. Lá é o paraíso. Você deve ser capaz de viver feliz - em um contexto onde se pode viver feliz, há uma parte de que um indivíduo precisa para ter felicidade é ter um parceiro - para ter um relacionamento satisfatório, romântico e sexual. E as únicas opções lá são mulheres. Mas uma amazona não olha para a outra amazona e diz, 'Você é gay'. O conceito não existe. Agora, estamos dizendo que Diana se apaixonou e teve relações com outras mulheres? Como Nicolas e eu abordamos, a resposta é, obviamente, sim. E quando Diana sai de casa para sempre, é o que ela acredita ser o certo, ela não está saindo por causa de Steve. Ela sai porque ela quer ver o mundo, e alguém deve ir e fazer isso. Ela resolveu que deve ser ela a fazer esse sacrifício."

No mínimo curioso, não é, Cinemaster?! E faz total sentido, tem objetivo, tem base teórica para comprovar. Agora, fazendo um paralelo com Gal Gadot na telona, é possível que a Warner até mesmo dê indícios dessas relações homoafetiva entre Amazonas no longa solo, mas neste momento, ainda seria algo extremamente sutil. Ainda assim, seria uma bela quebra de preceito e preconceito.

P.S. A conversa foi com a página Comicosity. 


MULHER-MARAVILHA: Elena Anaya, de A Pele que Habito, confirma que será uma das vilãs








DC ENTERTAINMENT: Geoff Johns é promovido para presidente da companhia

MULHER-MARAVILHA: Notou o símbolo do Às Inimigo no primeiro e sensacional trailer da heroína?!







SAN DIEGO COMIC-CON: Yeeeeeah! Primeiro teaser e nova arte de LIGA DA JUSTIÇA [COMENTADO]




"Mulher-Maravilha chega aos cinemas mundiais no próximo verão quando Gal Gadot retorna como a personagem título na aventura de ação épica dirigida por Patty Jenkis. Antes de ser a Mulher-Maravilha, ela era Diana, princesa das Amazonas, treinada para ser uma guerreira invencível. Criada em uma ilha paradisíaca, um piloto americano cai na região e fala de um enorme conflito que assola o mundo exterior, Diana deixa sua casa, convencida de que ela pode parar a ameaça. Lutando ao lado de homens em uma guerra para acabar com todas as guerras, Diana vai descobrir seus plenos poderes... e seu verdadeiro destino."

 

Vale lembrar que a direção será de Patty Jenkins, e a ideia é que a trama funcione antes, durante e depois de Batman V Superman e muito possivelmente trará a heroína em três ou em duas etapas da história: Grécia Antiga, Primeira Guerra Mundial e Hoje em dia. Mulher-Maravilha tem estreia marcada nos cinemas brasileiros para 23 de junho de 2017!!!

Por: Diego Domingos
Publicado em: 29/09/16 

 

Jack