domingo, 25 de setembro de 2016

SETE MINUTOS DEPOIS DA MEIA-NOITE: J.A. Bayona explica como fez a árvore do longa ficar diferente de Groot

Woooooooooooow, Cinemaster! Sete Minutos Depois da Meia-Noite é uma película que se fosse pra assistir hoje, eu já estaria na porta do cinema (heheheh). Sigo mais do que ansioso pra conferir o novo trailer de Bayona. Porque além dele ser espanhol, mostrando que os cineastas de línguas latinas também conseguem chegar a Holly, o cara é muito talentoso. Você já viu O Impossível, certo?! Pois é, genial!!! =D Mas o assunto aqui é a árvore que funciona como um dos protagonistas da narrativa. E em conversa com o Inverse, Juan disse que foram necessários mais de 200 desenhos para se chegara a uma ideia de como a árvore - que tem a voz de Liam Neeson - ficaria. Bayona disse o seguinte: "Você vai na internet e tudo sobre monstros arborizados já foi feito. Foi muito difícil, depois de 200 projetos, chegamos a algo próximo que era pretendido no livro de JIm Kay." Bayona ainda disse Cinemaster que o seu objetivo era trazer um monstro diferente do que as árvores já vistas em O Senhor dos Anéis e Guardiões da Galáxia, com o fofo Groot! *-* Pra isso, ele e sua equipe se utilizaram de Animatronics, que são "robôs" reais que realizam tais ações e que por cima, na pós-produção, os efeitos visuais são incrementados. 

"Porque é um longa que mistura tons muito diferentes, tivemos que manter a fantasia muito ligada à Terra. O objetivo final da história é o como precisaríamos fazer uma fantasia que lidasse com a realidade... E eu não quero um monte de computação gráfica para distrair o público do material mais dramático da história. E os Animatronics eram enormes, do tamanho de uma vida. Tivemos uma grande cabeça que era capaz de se mover e falar, também tínhamos os movimentos dos olhos."

SETE MINUTOS DEPOIS DA MEIA-NOITE: Tom Holland atuou como mockup do monstro protagonista





  

Dirigido por J.A. Boyana, o longa traz a história de um garoto que "foge" para descobrir um mundo fantástico, já que ele não sabe mais lidar com a mãe (Felicity Jones) gravemente doente e com a perseguição dos garotos em sua escola. Liam Neeson é quem narra o monstro, ele também concedeu sua atuação para a captura de movimentos do personagem (o que é bem interessante).

Por: Diego Domingos
Publicado em: 25/09/16

 

Jack