segunda-feira, 17 de outubro de 2016

MULAN: Ang Lee revela que não quis comandar longa da Disney por conta da cinebiografia de Muhammad Ali

Woooooooooooooow, Cinemaster! E Lee está mais do que certo, afinal, com Mulan para 2018, é possível que ele entre de cabeça em uma adaptação live-action, mas trabalhando ao mesmo tempo em outras duas produções. Isso porque o objetivo de Ang era realizar Thrilla in Manila, longa sobre o clássico combate dos boxeadores Muhammad Ali e Joe Frazier antes de A Longa Caminhada de Billy Lynn. Mas como Ang tinha o orçamento e a tecnologia disponível para Billy, ele resolveu fazer logo o drama de guerra e agora, com ele já lançado e pronto para a temporada de premiações, Lee entrou de cabeça em Thrilla In Manila. E em conversa com a imprensa americana, Lee comentou a justificativa: "Bem, eu tenho minha mente em outro projeto, era o que eu iria fazer antes de Billy Lynn. É um longa de boxe. Então, eu ainda estou perseguindo isso, e eu não quero segurar ninguém. [Mulan] soa como um projeto maravilhoso, mas eu tenho a minha mente em jogo para outra coisa." Tranquilo, Cinemaster?! Perfeito, tudo certo, nada errado! Mas eu ainda não desisti de ter Ang Lee em alguma adaptação live-action da Disney (hehehe). =D

MULAN: Ang Lee, do sensacional As Aventuras de Pi, recusa convite para dirigir live-action da Disney

 

Jack