terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

DREDD: Esquece! Co-criador da HQ indica que sequência está muito, muito longe de acontecer

Nãããããããããããão, Cinemaster! Poxa vida, Dredd é realmente sensacional dentro do universo das adaptações de HQs, pena que não foi um sucesso comercial. O fato é que no fim de semana, o produtor do longa original Adi Shankar, revelou que ele mesmo estava no comando de uma possível sequência, e que talvez o projeto viesse até mesmo em animação, não em live-action. Mas nessa madrugada, o co-criador da HQ, Jason Kingsley, disse o seguinte... "Embora realmente apreciamos o entusiasmo de Adi por Dredd, ele não tem nenhum envolvimento com a franquia e com qualquer futuro cinematográfico do personagem. As reivindicações dele com relação a uma possível sequência não são verdadeiras e nós queremos que os comentários sejam iniciados sem que haja uma esperança, pelo menos agora. A 2000AD e a Rebellion continuam a trabalhar arduamente para trazer o maior herói do futuro de volta às telonas." Assim espero, Cinemaster. Todo mundo quer uma sequência, o ponto X é encontrar uma produtora que tope assumir o risco. Afinal, Dredd é ainda mais violento que Deadpool e não tem o humor do Mercenário, o que reduz e muito o nicho para público-alvo.

DREDD 2: Produtor confirma que sequência vai acontecer... mas não necessariamente em live-action

DREDD: John Wagner, co-criador do personagem, revela que a Fox renegou roteiro para uma produção

DREDD 2: Karl Urban volta atrás e diz que sequência não está em desenvolvimento

__

Os Estados Unidos tornou-se um deserto radioativo, exceto na região cercada entre as antigas cidades de Boston e Washington. Ali vivem confinadas oitocentas milhões de pessoas, nas ruínas do antigo mundo, numa contínua paisagem de concreto, super-estruturas e altos índices de criminalidade. É conhecida como Megacidade 1. Para manter a ordem, a homens e mulheres da Corte de Justiça são atribuidos os poderes de apurar, julgar, condenar e executar as penas aos acusados. Eles ou elas são chamados de juízes. É determinado ao Juiz Dredd supervisionar por um dia a aspirante a juíza Cassandra Anderson, que mesmo sem ter alcançado a aptidão para o cargo, lhe é dada uma última chance devido a seus poderes sensitivos. São chamados a apurar três mortes ocorridas no Peach Trees, prédio de duzentos andares. Prendem Kay, traficante e suspeito de escalpelar e jogar os três homens no pátio do prédio. O interrogatório de Kay poderia revelar as atividades de Ma-Ma, a chefe dos bandidos que controlam todo o prédio, de disseminar um novo entorpecente chamado slo-mo, que faz o cérebro perceber o tempo a apenas 1% da velocidade normal. Ela ordena o fechamento total do prédio e que todas as facções criminosas eliminem Dredd e Anderson.
__

Por: Diego Domingos
Publicado em: 14/02/17

 

beleza oculta