sexta-feira, 17 de março de 2017

VENOM: E aí, será que funciona?! Sony quer roteiristas de Jumanji 2 para o spin-off do personagem

Wooooooooooooooooow, Cinemaster. É aquilo, das duas uma, ou vai ficar genial, ou vai ficar bem mais ou menos. O fato é que Scott Rosenberg e Jeff Pinkner, de Jumanji 2, estão em conversas para assumirem o projeto. Então Cinemaster... é realmente só esperar! =D A ficha de que um dos personagens que eu mais sou fascinado nas HQs do Cabeça de teia vai ganhar uma película só seu! *-*


VENOM: Alex Kurtzman, roteirista de O Espetacular Homem-Aranha 2 e diretor de A Múmia, pode comandar longa [ATUALIZADO]

VENOM: Woooow! Sony agenda longa solo para outubro de 2018; E como fica a franquia do Homem-Aranha?!
__

RAIO X - VENOM

Venom é o ser resultante da simbiose entre uma criatura alienígena e o jornalista Eddie Brock. Apesar de já ter tido mini-séries próprias, a maioria de suas aparições é como inimigo do personagem Homem-Aranha. A característica marcante de Venom, além do uniforme negro, é a desproporcional e assustadora mandíbula, desenhada no traço de Todd MacFarlane. Antes de fundir-se ao simbionte e tornar-se o Venom, Eddie Brock era um repórter do jornal O Globo Diário.
A origem do simbionte alienígena foi mostrada no evento intitulado Guerras Secretas, quando foi usado como "uniforme" pelo próprio Homem-Aranha (que então não sabia que este era uma criatura viva). O "uniforme", totalmente negro e com propriedades regenerativas e adaptativas aumentava as habilidades de Peter Parker, mas também potencializava sua agressividade.Assim, ao descobrir a real natureza de seu "uniforme", o Homem-Aranha livrou-se do alienígena (ao, inadvertidamente, ser beneficiado pela fraqueza a ondas sonoras do simbionte).
Mais tarde, o simbionte acabou caindo sobre Eddie Brock, um jornalista fracassado do Globo Diário, que culpava o herói aracnídeo pela sua ruína. Sentindo o ódio de Brock por seu inimigo, o simbionte ligou-se ao seu corpo, formando um ser de mente composta chamado Venom. Um ser com um único objetivo: matar o Homem-Aranha.
O motivo do ódio de Eddie Brock
Esta história foi revelada na edição de nº 105 da revista do Homem-Aranha, publicada em 1992 pela Editora Abril. Brock havia escrito a biografia de um homem que dizia ser o vilão Devorador de Pecados, e a notícia foi um sucesso para o seu jornal, o Globo Diário. Mas pouco depois o Homem-Aranha derrotou o verdadeiro vilão e sem querer provou que a reportagem de Eddie não passava de histórias imaginárias de um doente mental. Com isso, o Globo Diário foi ridicularizado e Eddie despedido.
A partir de então, Eddie apenas pensava em se vingar do herói, porém sendo um humano comum não teria chances contra o herói aracnídeo. Depois de tudo pensou em suicidar-se, mas suicídio seria um pecado inaceitável para ele, um homem católico. Revelou que seu corpo musculoso foi adquirido porque exercícios físicos o ajudariam a diminuir o stress. E quando Eddie estava rezando para obter paz na Catedral da Virgem Maria, em Manhattan, que curiosamente foi o mesmo local da separação de Peter Parker com o Simbionte, o alienígena uniu-se a Brock, acabando com sua angústia, dando-lhe quase todos os poderes do Homem-Aranha e lhe contando a identidade secreta do herói. Assim nasceu Venom.
O Simbionte Alienígena deu à Eddie Brock poderes similares aos do Homem-Aranha, como força, resistência, agilidade e reflexos ampliados (porém, de forma ampliada). Além disso, o vilão possui a capacidade de lançar teias orgânicas, fator de cura acelerada e imunidade ao "sentido de aranha" de Peter Parker. Além disso, o vilão tem também capacidade transmórfica limitada, graças às características do simbionte.
__

HOMEM-ARANHA: Chefão da Sony Pictures confirma que spinoffs do herói estão em andamento

VENOM: Longa solo do vilão volta a ser produzido, objetivo da Sony é montar franquia


Por: Diego Domingos
Publicado em: 17/03/17http://www.cinemanews2.com.br/2017/03/venom-alex-kurtzman-roteirista-de-o.html

 

beleza oculta