VENOM: Adaptação será o primeiro longa do Universo Compartilhado da Sony com as HQs da Marvel

Woooooooooow, Cinemaster. Eu e você já acompanhamos aqui no #CinemaNews duas incríveis News. Tom Hardy como venom e Ruben Fleischer como diretor. A terceira agora vem do tweet liberado pelo estúdio, em que a empresa menciona o “Sony’s Marvel Universe”, ou seja, um universo compartilhado dos personagens que a Sony têm os direitos. Shoooooow de bola. Agora, tudo bem que é um universo compartilhado, tudo bem que vai ser uma franquia, tudo bem que vai ser um spin-off de Homem-Aranha. Mas ele vai se passar em que universo?! No Universo da Marvel Studios?! Esse Venom vai sair que há heróis em Nova York?! Ele vai ter ciência do Universo Marvel de Cinema?! =D


__

RAIO X – VENOM

“Venom é o ser resultante da simbiose entre uma criatura alienígena e o jornalista Eddie Brock. Apesar de já ter tido mini-séries próprias, a maioria de suas aparições é como inimigo do personagem Homem-Aranha. A característica marcante de Venom, além do uniforme negro, é a desproporcional e assustadora mandíbula, desenhada no traço de Todd MacFarlane. Antes de fundir-se ao simbionte e tornar-se o Venom, Eddie Brock era um repórter do jornal O Globo Diário.

A origem do simbionte alienígena foi mostrada no evento intitulado Guerras Secretas, quando foi usado como “uniforme” pelo próprio Homem-Aranha (que então não sabia que este era uma criatura viva). O “uniforme”, totalmente negro e com propriedades regenerativas e adaptativas aumentava as habilidades de Peter Parker, mas também potencializava sua agressividade.Assim, ao descobrir a real natureza de seu “uniforme”, o Homem-Aranha livrou-se do alienígena (ao, inadvertidamente, ser beneficiado pela fraqueza a ondas sonoras do simbionte).
Mais tarde, o simbionte acabou caindo sobre Eddie Brock, um jornalista fracassado do Globo Diário, que culpava o herói aracnídeo pela sua ruína. Sentindo o ódio de Brock por seu inimigo, o simbionte ligou-se ao seu corpo, formando um ser de mente composta chamado Venom. Um ser com um único objetivo: matar o Homem-Aranha.
O motivo do ódio de Eddie Brock

Esta história foi revelada na edição de nº 105 da revista do Homem-Aranha, publicada em 1992 pela Editora Abril. Brock havia escrito a biografia de um homem que dizia ser o vilão Devorador de Pecados, e a notícia foi um sucesso para o seu jornal, o Globo Diário. Mas pouco depois o Homem-Aranha derrotou o verdadeiro vilão e sem querer provou que a reportagem de Eddie não passava de histórias imaginárias de um doente mental. Com isso, o Globo Diário foi ridicularizado e Eddie despedido.

A partir de então, Eddie apenas pensava em se vingar do herói, porém sendo um humano comum não teria chances contra o herói aracnídeo. Depois de tudo pensou em suicidar-se, mas suicídio seria um pecado inaceitável para ele, um homem católico. Revelou que seu corpo musculoso foi adquirido porque exercícios físicos o ajudariam a diminuir o stress. E quando Eddie estava rezando para obter paz na Catedral da Virgem Maria, em Manhattan, que curiosamente foi o mesmo local da separação de Peter Parker com o Simbionte, o alienígena uniu-se a Brock, acabando com sua angústia, dando-lhe quase todos os poderes do Homem-Aranha e lhe contando a identidade secreta do herói. Assim nasceu Venom.

O Simbionte Alienígena deu à Eddie Brock poderes similares aos do Homem-Aranha, como força, resistência, agilidade e reflexos ampliados (porém, de forma ampliada). Além disso, o vilão possui a capacidade de lançar teias orgânicas, fator de cura acelerada e imunidade ao “sentido de aranha” de Peter Parker. Além disso, o vilão tem também capacidade transmórfica limitada, graças às características do simbionte.”

By: Guia dos Quadrinhos

__

Venom contará com Tom Hardy no papel título e Ruben Fleischer na direção. Vale lembrar Cinemaster que o personagem veio em Homem-Aranha 3 na pele de Topher Grace. Venom tem estreia marcada pela Sony para outubro de 2018, e as filmagens serão iniciadas em setembro!!!

About the author

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *